Criptomoedas

10 maiores golpes de criptomoedas já registrados

Os maiores golpes de criptomoedas deixaram milhares de pessoas com prejuízos incalculáveis e desastrosos.

O mercado de criptomoedas cresceu muito nos últimos anos e atraiu novos investidores e novos golpistas.

Pessoas mal intencionadas tem se aproveitado deste “boom” das criptomoedas para enganarem investidores e roubarem milhares de dólares em algumas horas.

Cerca de 98% de todos os lançamentos de criptomoedas foram considerados como golpes ou falhas gigantescas e esses golpes movimentam milhões, alias bilhões de dólares.

Portanto, neste artigo vamos falar um pouco sobre os maiores golpes de criptomoedas já aplicados nos últimos anos:

Os 10 maiores golpes de criptomoedas já registrados

1 – Onecoin uma fraude total sem ao menos ter a tecnologia

Este golpe ficou muito famoso após o podcast “Missing Cryptoqueen” da BBC e foi considerado um dos maiores golpes de criptomoedas já aplicado. Acredita-se que neste golpe foram roubados cerca de US$ 25 bilhões de dólares.

O golpe foi encerrado pela polícia em meados de 2017, os lideres do esquema que era mais como uma pirâmide foram presos e sua fundadora Ruja Ignatova simplesmente desapareceu ou morreu.

E o mais estranho de tudo é que o Onecoin nunca nem se quer teve uma criptomoeda, blockchain ou algo do tipo, foi uma farsa total desde o inicio.

2 – Bitconnect – os “caras de paú”

Considerado como um dos golpes de criptografia mais descarados e famosos de todos os tempos. A Bitconnect roubou cerca de US$ 4 bilhões de dólares em um esquema de pirâmide de marketing multinível, atraindo investidores por meio de alegações de ter um algoritmo de negociação imbatível, o que obviamente, nunca existiu, era tudo uma farsa.

Eles foram tão “caras de pau” e não ficaram satisfeitos em enganar milhares de pessoas uma vez, e lançaram uma segunda ICO fraudulenta, BitconnectX, assim que seu primeiro projeto estava virando pó.

3 – Bitclub Network o golpe da mineração

Este foi um golpe de mineração de Bitcoin bem elaborado que abusou do marketing e conseguiu arrecadar US$ 722 milhões de dólares.

Com a promessa de retornos garantidos, o pessoal da Bitclub Network utilizou vídeos mostrando muitos equipamentos de mineração de Bitcoin que seriam usados para entregar resultados aos investidores.

Infelizmente, os vídeos utilizados eram de uma outra fazendo de mineração que não tinha nada a ver com o projeto da Bitclub.

Ou seja, mais um esquema de pirâmide que roubou milhares de pessoas oferecendo retornos financeiros através da mineração de Bitcoin.

4 – Quadriga – virou série na Netflix

A Quadriga era uma corretora de criptomoedas do Canadá que se envolveu em um dos maiores escândalos do mercado de criptomoedas.

Isso porque, seu fundador simplesmente “morreu” e ele era o único que tinha as chaves de acesso as carteiras de criptomoedas da corretora.

Acredita-se que ele fraudou a próprio morte, pois após uma investigação, foi detectado que a corretora operava de forma fraudulenta desde o começo e seus fundadores já estiveram envolvidos em outros golpes.

A história da Quadriga virou uma série na Netflix, vale a pena assistir é muito interessante e você vai entender melhor o caso.

5 – Pincoin e iFan

Dois projetos vietnamitas que juntos foram capazes de roubar cerca de US$ 660 milhões de dólares dos seus investidores usando um evento de vendas e marketing.

Boa parte do dinheiro roubado ainda não foi recuperado e muitas pessoas ainda estão no prejuízo devido ao golpe bem elaborado.

6 – Plexcoin – retorno garantido é sempre fraude

A Plexcoin entrou no mercado com a promessa para seus investidores de um retorno de 1.354%, impressionante não acha?

Porém ela foi fechada pela SEC a Comissão de Valores Imobiliários dos Estados Unidos e foi condenada a reembolsar US$ 20 milhões de dólares que havia roubado de seus investidores.

7 – Savedroid

Este caso é curioso a startup Savedroid que tinha como objetivo utilizar inteligência artificial para gerir os investimentos em criptomoedas teve um começo e tanto.

Levantando cerca de US$ 50 milhões de dólares no seu lançamento, seus fundadores fecharam os escritórios, redes sociais e postaram uma foto na praia.

O que deu a entender que era um golpe e que tinham roubado os investidores, depois voltaram e disseram que não era um golpe, porém já era tarde demais os tokens do projeto viraram pó.

8 – Bitcoin Doublers

Digamos que este é o golpe mais “idiota” porém que acabou funcionando e enganou algumas pessoas com a seguinte promessa: “Vamos dobrar seus Bitcoins”.

Os sites afirmavam serem capaz de dobrar qualquer valor de Bitcoin enviado para as carteiras do sites, obviamente os valores não eram dobrados e sim roubados.

9 – Squid Game

Intitulado como um jogo “Play to Earn”, o Squid Game foi um “projeto” fraudulento baseado na famosa série da Netflix.

Que prometia lançar um jogo NFT, que no seu lançamento saiu de US$ 0,01 para US$ 2.856 dólares, porém era um esquema de “Rug Pull”.

Onde os investidores não podiam revender seus tokens, resultado em questão de segundos o token caiu 99% e os desenvolvedores roubaram US$ 3.38 milhões de dólares.

Existe um vídeo de um investidor participando do lançamento do token e perdendo todo seu investimento ao vivo, confira:

10 – Thodex

Vamos falar de bilhões de dólares em golpe, o fundador dessa corretora de criptomoedas turca atraiu muitos investidores para colocarem seus investimentos na sua corretora.

Sua promessa era distribuir de forma gratuita a famosa criptomoeda meme Dogecoin, resultado? Bom ele sumiu com todo o dinheiro e ninguém sabe onde ele está ainda.

Estima-se que ele tenha roubado aproximadamente US$ 2.6 bilhões de dólares de seus investidores.

Fonte
Irishtechnews

Felipe F

Analista de Sistemas, que gosta de temas relacionados a segurança, internet e privacidade, entre uma pesquisa e outra escreve artigos sobre tecnologia.

Artigos relacionados